Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Nebula’ Category

Saiu o Nebula!

Não sei se acertei ou se errei aqui, mas quem ganhou o prêmio Nebula foi The Yidish Policemen`s Union, de Michael Chabon.

Anúncios

Read Full Post »

Vídeo curtinho, mas excelente, no qual o mestre Frank Herbert fala um pouco sobre Duna.
Um trecho:”Líderes têm seus erros ampliados pelo número de pessoas que os seguem sem questionamentos. E líderes carismáticos tendem a construir estruturas de poder e estas estruturas de poder tendem a ser tomadas por pessoas corrompíveis. Não acredito que o velho ditado ‘poder absoluto corrompe absolutamente’ esteja correto. Eu acredito que poder atrai os corrompíveis”.

(Via SF Signal)

Read Full Post »

Ok…eu amo Duna. Posso dizer que sou fanboy mesmo. Foi a primeira coisa de FC que eu li (obrigado, Wario, pelo empréstimo) e sempre entro em freak mode quando uma notícia sobre a série aparece.

Dito isto, fui na Amazon.com e descobri que o Paul of Dune sai em setembro deste ano. E no Myspace oficial de Dune tem esse banner sensacional.

Image and video hosting by TinyPic

Como não idolatrar isso?

Read Full Post »

 Os produtores do novo filme de Duna, que deve demorar um tiquinho pra sair, querem que o produto final seja fiel ao livro de Frank Herbert. No blog oficial da série, o co-autor dos prólogos e seqüências da série original, Kevin J. Anderson, disse que ele e o filho de Frank Herbert, Brian Herbert, que também assina as obras derivadas, estarão envolvidos diretamente na produção.

Ah…alguém chame também o Steve Jackson para a produção, por favor. Só para os efeitos. Caladan até pode ser filmada na Nova Zelândia.

E se eu entendi direito (estou sofrendo de jet lag sem fuso-horário), o novo Duna é o primeiro de uma franquia. E que franquia! Só os livros originais somam seis títulos. Mais os três prelúdios imediatamente anteriores à saga de Paul Atreides (dos quais li dois e gostei bastante). Ainda tem mais três prelúdios, as “lendas de Duna”, que falam do tempo da Jihad Butleriana. Aí, no ano passado, saíram os dois últimos livros, Hunters of Dune e Sandworms of Dune, baseados no roteiro do Herbert pai para o sétimo e último livro da saga.

Agora, Anderson e Herbert filho trabalham em mais uma trilogia que se passa entre Duna e o Messias de Duna. Se não me engano, se chamarão Paul of Dune, Jessica of Dune e Irulan of Dune. Particularmente, eu quero muito ver esses três.

Aliás…eu quero todos eles. Aliás 2: seria uma ótima oportunidade para as editoras relançarem a saga completa mais os dois livros finais. Eu compro na hora que bater na prateleira.

Read Full Post »

Ringworld de papel

Lembram que nas caixas de Sucrilhos costumava haver modelos para montar? Corta, cola e, voilá, uma espaçonave pronta para a brincadeira. Não sei se as caixas de cereais ainda trazem esses atrativos infanto-juvenis, mas para os adultos maduros como nós, uma boa dica é montar o kit de papel do Ringworld, de Larry Niven.

Ringquem? Ringworld é uma novela de 1970 ganhadora dos prêmios Hugo e Nebula. Nela, quatro exploradores investigam um mundo misterioso, um Mundo Anel (sacou? Ringworld), ou seja, um planeta artificial estruturado sobre a superfície interna de um anel gigantesco. E por gigantesto eu digo 150.000.000 de quilômetros de raio e 970.000.000 de quilômetros de circunferência.

Pois um senhor muito engenhoso criou um modelo montável em papel de meio metro de diâmetro, pintadinho e bem feito. Basta fazer o download do PDF, impimir, dobrar, colar e pendurar no teto. Supimpa, hein?

(Via SF Signal e Tech Rivet)

Read Full Post »

Saiu a lista do Nebula

 Saiu a lista dos finalistas do Nebula Awards, o prêmio da Science Fiction Writers of America. Segue a lista:

  • Odyssey by Jack McDevitt
  • The Accidental Time Machine by Joe Haldeman
  • The Yiddish Policemen’s Union by Michael Chabon
  • The New Moon’s Arms by Nalo Hopkinson
  • Ragamuffin by Tobias Buckell
  • Seguindo a lógica do impacto, as apostas mais fortes iriam para The Yiddish Policemen’s Union, que recentemente teve seus direitos adquiridos para o cinema, com direção da grife Irmãos Cohen. Outro que poderia figurar entre os favoritos baseado em sucesso de crítica, é o Ragamuffin, seqüência de Crystal Rain, um romance planetário com clima caribenho.

    Mas a real concorrência deve ser entre Jack McDevitt e Joe Haldeman, ambos autores de FC mais tradicional. E é incomum o Nebula premiar algo fora desse esquema.  Pesa contra McDevitt, ironicamente, o fato dele ter ganho no ano passado. Não sei se é pró ou contra, mas McDevitt já foi finalista sete outras vezes, sendo que este é o sexto ano consecutivo no qual é indicado. Já Haldeman foi o ganhador de 2005 e mais duas outras vezes, nos únicos anos nos quais concorreu. Nalo Hopkinson corre por fora. Ela foi finalista em duas outras ocasiões.

    Alguém aí vai fazer uma fezinha?

    Read Full Post »